A guerra

Dentro de mim, todos os dias, entre registar o quotidiano de dentro e de fora através da escrita e a preguiça de o fazer. Ganha a inércia sistematicamente. Daí este esforço, talvez inglório, talvez vitorioso, decidamente ridículo, de pensar que o carácter público de uns apontamentos podem inverter a situação. A ver vamos.