Café sin azúcar

Eu: Un café solo por favor. Ele acena que sim com a cabeça, tira o café e põe-no à minha frente, em cima do balcão. Eu agarro na chávena e começo a beber. Ele: Lo bebes asi, sin azúcar ni nada?! Eu: Si. Ele: Joder!