Nobel da Paz?

O Primeiro-Ministro encorajou os agentes da Unidade de Intervenção Rápida a estarem, corajosamente, à altura das responsabilidades. “Têm de lutar contra gangsters, usando a força. Não tenham medo e quem invocar os Direitos Humanos, pode vir e falar comigo, porque temos de defender os Direitos Humanos dos cidadãos e das vítimas da criminalidade, incluindo os das vítimas de Ailoklaran e de outros lugares”, afirmou.”

Gabinete do Primeiro Ministro da República Democrática de Timor-Leste, Comunicado de Imprensa de 30 de Janeiro de 2007.