Oito casas decimais

Há pessoas que lavam as mãos de dez em dez minutos, que arrumam diariamente os livros por uma ordem diferente ou que não descansam enquanto não trabalharem para a ONU.

Eu trabalho com oito casas decimais no AutoCAD. Os meus metros medem 1,00000000.

Já os metros de alguns colegas meus medem 1,0000823 ou 0,99999318. Isto enfada-me muito, porque ainda que eu faça um esforço para me convencer de que afinal de contas são discrepâncias irrisíveis e que em obra o erro é sempre bem maior, nunca consigo. O erro está lá e mais tarde ou mais cedo vai recordar-me de que a promessa de perfeição e mundo melhor que estou a tentar construir nasce já plena de falhas, incapaz sequer de se erguer geometricamente plena do pântano que lhe dá origem.