Postal 1

Aqui em Timor não há iluminação pública. A noite é escura escura. As luzes dos carros ofuscam os olhos, mas convivem com as lamparinas acesas na berma das estradas e com as lâmpadas de 40 watts de dentro das casas. Ao longe, as casas na montanha parecem estrelas caídas. É lá que o escuro é mais escuro. Uma ausência de luz tão intensa que torna infinitas as estrelas no céu e infinita, também, a solidão dentro de ti.”

Enviado a A. em Agosto de 2003