Singapore

Da gosto vir da Asia profunda e aterrar numa cidade assim. Os rails da auto-estrada cobertos por sebes e flores, um corredor verde que vem do aeroporto ate ao CBD e em que nunca tinha reparado, uma taxa que os veiculos pagam para entrar no centro da cidade, gente simpatica e descontraida, um hotel com quadros por todo o lado e baldes de metal cheios de areia preta pendurados do tecto a servir de cinzeiro e internet rapida como eu ja nao sabia existir.