Wings Air

Um voo hilariante. No avião está escrito o slogan que define a Wings Air como companhia aérea de baixo custo: “Fly is Cheap”. O verbo conjugado erradamente, assim em letras garrafais, fez com que entrássemos lã dentro já a rir que nem perdidos. Os bancos, claro, não tinham espaço para as pernas e tudo tinha um ar meio segunda-mão. As hospedeiras, certamente estudantes universitárias a fazer um dinheiro extra, usavam umas t-shirts dois números abaixo com AIR CREW escrito nas costas o que lhes dava um ar de empregada de discoteca. Na bolsa do banco, junto com as instruções de segurança, um folheto com rezas em todas as religiões e línguas a pedir a deus que ajudasse a tripulação a levar o avião em segurança para o seu destino. Por esta altura, o meu companheiro de viagem, que sofre de aerofobia, estava já num estado de nervos considerável, embora não parecesse porque se continuava a rir que nem um estúpido. Finalmente reparámos que a seguir à fila 12 se sucedia a 15. Certamente alguém entendeu que, dadas as condições do aparelho e o amadorismo de toda a operação, remover a fila 13 talvez não fosse suficiente para evitar o azar.

Por uma hora de riso e para ir de Yogyakarta a Denpasar, apenas 178.040 rupias (~ 19$). Recomendo vivamente.